sábado, fevereiro 14


E até quem me vê
Lendo jornal
Na fila do pão
Sabe que eu te encontrei
E ninguém dirá
Que é tarde demais
Que é tão diferente assim
Do nosso amor
A gente é quem sabe




Rodrigo amarante

2 comentários:

Codinome Beija-Flor disse...

Acho que entendoo que ele diz.
Quando a gente ama, parece ter estanpado na testa, como se fosse manchete de primeira página de jornal de grande circulação.
Amar nos transfigura.
Bjs

SAULO PRADO disse...

É realmente refletimos nossos sentimentos, em nossa expressão, estes dias, por exemplo; quem me vê sabe que estou sofrendo de uma grande decepção.
Mais acredito que tudo serve de escada para aprendemos mais uma lição.

Beijo e até mais!

Ps: Adorei o seu blog!!!

Quem sou eu

Minha foto
...sou uma mulher como todas do planeta, que merece amar e ser amada.

Arquivo do blog