sábado, dezembro 5


Sou tua partida
e tua chegada
o momento de dor
e de alegria,
o lenço que acena,
o riso que espera.

Quando não és presença
em todos os sentidos
continuas comigo:
és saudade.

Sou tua partida
e tua chegada...
Inventamos distâncias
para dar um nó cego
Neste amor.





Poema de JG de Araujo Jorge
in " Tempo Será "

Um comentário:

nereida disse...

Lindo texto! Um bom domingo para você!
Nereida

Quem sou eu

Minha foto
...sou uma mulher como todas do planeta, que merece amar e ser amada.

Arquivo do blog